21 abril 2008

Porque o 25 de Abril não foi só um mar de cravos...



... seria importante que algumas questões fossem esclarecidas. Por exemplo, esta

8 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Não me parece que isso tenha que ver com o que foi feito a 25 de Abril. Acho até que é uma associação um pouco despropositada. O Rosa Coutinho seria sempre a criatura que é.

r.

21 abril, 2008 21:08  
Anonymous Anónimo disse...

Seria sempre o que é, mas não teria feito o que fez se a revolução não tivesse sido o que foi. Confuso?

Sir H.

21 abril, 2008 22:09  
Blogger Radagast disse...

A revolução foi o que podia ser. Se não fosse como foi não aconteceria, e eu não queria viver num país onde não tivesse existido.

r.

22 abril, 2008 10:37  
Anonymous Anónimo disse...

Eu também não gostaria de viver no país do 24 de Abril.
Já quanto ao facto da revolução ter sido o que podia ser, digo apenas: olhe que não, olhe que não...

Sir H.

22 abril, 2008 13:05  
Blogger Radagast disse...

Neste mundo tudo é relativo. Não há nada perfeito, muito menos revoluções. E no mundo das revoluções a nossa é uma mariquinhas.

23 abril, 2008 12:38  
Anonymous Anónimo disse...

Meu caro, a revolução é a mais imperfeita das formas de promover a mudança. O problema do 25 de Abril é precisamente a revolução que devia, e podia, a meu ver, ter sido evitada. O golpe de Estado era inevitável, a revolução não.

Sir H.

23 abril, 2008 13:42  
Blogger Radagast disse...

Qual a forma de golpe de estado que proporias?

23 abril, 2008 17:42  
Anonymous Anónimo disse...

Golpe de Estado e revolução são dois fenómenos distintos. Na noite de 25 de Abril a JSN apresentou ao País o Programa do MFA, que previa uma nova consituição e eleições livres. Este é o programa decorrente do golpe. As nacionalizações, a reforma agrária, os saneamentos, a desastrosa descolonização, und so weite, und so weite são fruto da revolução.
O que me parece sensato é que o programa tivesse sido cumprido, mas não foi, consequência da revolução que, não inevitavelmente, repito, se lhe seguiu.

Sir H.

24 abril, 2008 14:51  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial